Hoje eu posso vê-la

Assim como você, leitora(or), sou um eterno apaixonado, pois acredito que é a paixão que realmente nos move, que nos leva em frente e nos faz enfrentar todos os desafios. Neste livro, você encontrará esse sentimento em cada linha; vai se deparar com conquistas, decepções, alegria e sofrimento, mas também se dará conta do poder transformador da paixão.

Detalhes

Gênero(s): Contos e Crônicas
ISBN: 978-6554281072
Publicação: 31/01/2023
Nº de Páginas: 166

Compartilhar :

  • Sobre o Livro
    Assim como você, leitora(or), sou um eterno apaixonado, pois acredito que é a paixão que realmente nos move, que nos leva em frente e nos faz enfrentar todos os desafios. Neste livro, você encontrará esse sentimento em cada linha; vai se deparar com conquistas, decepções, alegria e sofrimento, mas também se dará conta do poder transformador da paixão. Trata-se de uma coletânea de contos escritos ao longo dos anos e que, agora, resolvi publicar. É resultado de uma experiência inusitada, que escrevi ouvindo músicas dos mais variados estilos. À medida em que escrevia, deixei-me ser inspirado pelas músicas que ouvia, sem nunca esquecer da paixão, sem jamais deixar de estar apaixonado. A música é uma dessas paixões; cada letra, instrumentos, melodia e arranjos eram meus guias, falando ao meu coração, à minha existência e ditando as palavras aqui escritas. Cada um dos contos é fruto da paixão, sim; do que me foi inspirado pelas canções que vinham aos ouvidos, mente e alma. Chego a citar nomes de músicas, das bandas e, até mesmo, trechos de letras, uma experiência que acabou se tornando praxe e, por que não dizer, uma condição para que eu escreva. São contos de um passado distante, histórias escritas desde a minha juventude até os dias de hoje, já com 65 anos. Gosto de dizer que fui envolvido por cada um deles; muitas lágrimas deixei escorrer pelo rosto enquanto escrevia, muito da minha emoção, na hora da escrita, poderá ser sentida por quem ler estas histórias, disso não tenho dúvidas. Imagine, você leitora(or), levada(o) pela leitura, se vê buscando na sua playlist as músicas que são citadas nos contos. Imagine-se vivenciando toda a emoção do autor, ouvindo e lendo cada página deste livro que derrama em todas as folhas; emoção, amor, sensualidade, paixão e, porque não dizer, sofrimento, pois a paixão também nos faz sofrer. Já sofreu, já se deixou levar, já riu como criança, já criou força extra por estar cheia(o) de paixão?
Assim como você, leitora(or), sou um eterno apaixonado, pois acredito que é a paixão que realmente nos move, que nos leva em frente e nos faz enfrentar todos os desafios. Neste livro, você encontrará esse sentimento em cada linha; vai se deparar com conquistas, decepções, alegria e sofrimento, mas também se dará conta do poder transformador da paixão. Trata-se de uma coletânea de contos escritos ao longo dos anos e que, agora, resolvi publicar. É resultado de uma experiência inusitada, que escrevi ouvindo músicas dos mais variados estilos. À medida em que escrevia, deixei-me ser inspirado pelas músicas que ouvia, sem nunca esquecer da paixão, sem jamais deixar de estar apaixonado. A música é uma dessas paixões; cada letra, instrumentos, melodia e arranjos eram meus guias, falando ao meu coração, à minha existência e ditando as palavras aqui escritas. Cada um dos contos é fruto da paixão, sim; do que me foi inspirado pelas canções que vinham aos ouvidos, mente e alma. Chego a citar nomes de músicas, das bandas e, até mesmo, trechos de letras, uma experiência que acabou se tornando praxe e, por que não dizer, uma condição para que eu escreva. São contos de um passado distante, histórias escritas desde a minha juventude até os dias de hoje, já com 65 anos. Gosto de dizer que fui envolvido por cada um deles; muitas lágrimas deixei escorrer pelo rosto enquanto escrevia, muito da minha emoção, na hora da escrita, poderá ser sentida por quem ler estas histórias, disso não tenho dúvidas. Imagine, você leitora(or), levada(o) pela leitura, se vê buscando na sua playlist as músicas que são citadas nos contos. Imagine-se vivenciando toda a emoção do autor, ouvindo e lendo cada página deste livro que derrama em todas as folhas; emoção, amor, sensualidade, paixão e, porque não dizer, sofrimento, pois a paixão também nos faz sofrer. Já sofreu, já se deixou levar, já riu como criança, já criou força extra por estar cheia(o) de paixão?