Velas içadas

Sentimentos são como uma maré. Por vezes calma, silenciosa, eles nos levam a contemplar no horizonte o que o futuro nos reserva. Outras vezes, eles podem ser agitados como em um maremoto, nos fazendo questionar se há esperança no porvir.

Detalhes

Gênero(s): Poesia
ISBN: 9786554283939
Publicação: 03/08/2023
Nº de Páginas: 88

Compartilhar :

  • Sobre o Livro
    Sentimentos são como uma maré. Por vezes calma, silenciosa, eles nos levam a contemplar no horizonte o que o futuro nos reserva. Outras vezes, eles podem ser agitados como em um maremoto, nos fazendo questionar se há esperança no porvir. Mas em todo tempo, em qualquer circunstância, nos vemos obrigados a domar tais sentimentos, para não nos afogar em emoções. E a poesia surge neste cenário como as velas de uma embarcação que, quando abertas, ditam a direção do barco dos nossos sentimentos. Este livro está dividido em partes. Cada uma carrega um sentimento em si. A parte de abertura é Sobre Poesia, e mostra o que ela representa para mim. A segunda, Sobre Prosa, mostra a minha relação com o falar, com o expressar-se em palavras, algo que sempre foi muito difícil para pessoas retraídas como eu. A terceira parte, Sobre Saudade, e a quarta parte, Sobre Medos e Perdas, são formadas por poemas que escrevi na tentativa de vencer o luto, a perda e a depressão. A quinta parte, Sobre Tempos, revelam a ansiedade do meu coração ao ver o tempo passar e perceber que não estou alheia às suas consequências. A sexta parte, Sobre Estações e Cores, é a tradução do que acontece comigo quando chega a primavera. A sétima e última parte, Sobre Pessoas, é uma amostra das observações que faço nas horas de silêncio sobre as relações humanas.
Sentimentos são como uma maré. Por vezes calma, silenciosa, eles nos levam a contemplar no horizonte o que o futuro nos reserva. Outras vezes, eles podem ser agitados como em um maremoto, nos fazendo questionar se há esperança no porvir. Mas em todo tempo, em qualquer circunstância, nos vemos obrigados a domar tais sentimentos, para não nos afogar em emoções. E a poesia surge neste cenário como as velas de uma embarcação que, quando abertas, ditam a direção do barco dos nossos sentimentos. Este livro está dividido em partes. Cada uma carrega um sentimento em si. A parte de abertura é Sobre Poesia, e mostra o que ela representa para mim. A segunda, Sobre Prosa, mostra a minha relação com o falar, com o expressar-se em palavras, algo que sempre foi muito difícil para pessoas retraídas como eu. A terceira parte, Sobre Saudade, e a quarta parte, Sobre Medos e Perdas, são formadas por poemas que escrevi na tentativa de vencer o luto, a perda e a depressão. A quinta parte, Sobre Tempos, revelam a ansiedade do meu coração ao ver o tempo passar e perceber que não estou alheia às suas consequências. A sexta parte, Sobre Estações e Cores, é a tradução do que acontece comigo quando chega a primavera. A sétima e última parte, Sobre Pessoas, é uma amostra das observações que faço nas horas de silêncio sobre as relações humanas.