Poemas do Nunca – na periferia do que escreve uma pandemia

Detalhes

Selo:
Gênero(s): Poesia
ISBN: 978-6554280808
Publicação: 01/01/2023
Nº de Páginas: 126.0

Compartilhar :

  • Sobre o Livro
    Os poemas que se seguem são do período nebuloso da pandemia da COVID-19. Textos que, de outro momento, não poderiam surgir; são as centelhas da vida observadas de múltiplos olhares que uma pandemia confina. Textos que NUNCA deveriam ser, e nunca deverão ser lidos em praça pública (sic), poemas da terra do nunca. Sabe? Aqueles da terra do personagem Peter Pan? Talvez. De todo modo, eles tornaram-se reais neste lançamento para que o nunca do nosso melhor nunca se esqueça de transcorrer, humildemente, nas veias concretas da existência.
Os poemas que se seguem são do período nebuloso da pandemia da COVID-19. Textos que, de outro momento, não poderiam surgir; são as centelhas da vida observadas de múltiplos olhares que uma pandemia confina. Textos que NUNCA deveriam ser, e nunca deverão ser lidos em praça pública (sic), poemas da terra do nunca. Sabe? Aqueles da terra do personagem Peter Pan? Talvez. De todo modo, eles tornaram-se reais neste lançamento para que o nunca do nosso melhor nunca se esqueça de transcorrer, humildemente, nas veias concretas da existência.