Mãe, quero ser igual a você

Nesta obra de literatura de cordel, venho trazer, aos caros leitores e leitoras, a história de uma grande mãe que inspirou a filha na profissão de ensinar: ser professora.

Detalhes

Selo: Asinha
Gênero(s): Infantil
ISBN: 9786554203210
Publicação: 29/05/2023
Nº de Páginas: 28

Compartilhar :

  • Sobre o Livro
    Nesta obra de literatura de cordel, venho trazer, aos caros leitores e leitoras, a história de uma grande mãe que inspirou a filha na profissão de ensinar: ser professora. Nas relações de pais e filhos, como diz o ditado popular Tal mãe, tal filha se encaixa perfeitamente nessa narrativa ficcional que qualquer um de nós poderia se identificar. Além de detalhar a nossa cultura e história e identidade de um povo nordestino e, especificamente, cearense da cidade do interior que luta diariamente por dias melhores e através dos estudos e da educação consegue transformar a realidade que vivem, com muita poesia, rima e verso, a Dona Maria e Lili embarcam nas aventuras da escolha do que fazer quando crescer, ou seja, a vocação e o dom que recebemos do criador independente do status e valor salarial. Cada um precisa escolher aquilo que te faz feliz e os olhos brilharem, e que o trabalho não precisa ser um fardo, e sim um prazer, ou melhor uma grande brincadeira de criança. Convido você a entrar nesse nosso mundo maravilhoso e conhecer um pouco mais dessa, simples e tão comum entre nós, vivência da saga da mulher nordestina, cearense, querendo modificar o ambiente que vive através das letras.
Nesta obra de literatura de cordel, venho trazer, aos caros leitores e leitoras, a história de uma grande mãe que inspirou a filha na profissão de ensinar: ser professora. Nas relações de pais e filhos, como diz o ditado popular Tal mãe, tal filha se encaixa perfeitamente nessa narrativa ficcional que qualquer um de nós poderia se identificar. Além de detalhar a nossa cultura e história e identidade de um povo nordestino e, especificamente, cearense da cidade do interior que luta diariamente por dias melhores e através dos estudos e da educação consegue transformar a realidade que vivem, com muita poesia, rima e verso, a Dona Maria e Lili embarcam nas aventuras da escolha do que fazer quando crescer, ou seja, a vocação e o dom que recebemos do criador independente do status e valor salarial. Cada um precisa escolher aquilo que te faz feliz e os olhos brilharem, e que o trabalho não precisa ser um fardo, e sim um prazer, ou melhor uma grande brincadeira de criança. Convido você a entrar nesse nosso mundo maravilhoso e conhecer um pouco mais dessa, simples e tão comum entre nós, vivência da saga da mulher nordestina, cearense, querendo modificar o ambiente que vive através das letras.